Alimentação Saudável - Impacto na Saúde, Intestino e Pulmão

Na fibrose cística (FC), o aumento das secreções no pulmão leva ao aumento do metabolismo, diminuição do apetite e juntamente com o quadro de má absorção intestinal pode levar os pacientes a apresentarem dificuldade de ganho de peso. Uma boa nutrição, uso adequado das enzimas pancreáticas e o tratamento precoce de infecções pulmonares são benéficos para o estado geral e são muito importantes na manutenção da saúde.

Importante ressaltar que para a maioria das crianças com FC, as alterações no intestino acontecem nos primeiros meses de vida. Por isso, deve-se incentivar o aleitamento materno exclusivo e introdução da alimentação complementar adequada com restrição de açúcares simples encontrados em doces e em alguns produtos industrializados como sucos artificiais em pó ou de caixinha, refrigerantes, biscoitos comuns e recheados, pois aumentam os níveis de glicose, insulina e substâncias inflamatórias no sangue.

Além disso, o consumo diário de produtos mais naturais, sem agrotóxicos como as frutas, vegetais e alimentos ricos em fibras como bolos caseiros feitos com farinha integral ou consumo de farelo de trigo ou aveia em frutas ou iogurtes ajudam o sistema de defesa do corpo e são ricos em vitaminas e minerais.  Este hábito estimula o crescimento de bactérias saudáveis que habitam naturalmente o intestino e desempenham um papel crucial no controle da inflamação, infecção e imunidade, inclusive do pulmão, ao evitarem o crescimento de bactérias negativas e ajudam a prevenir o surgimento do diabetes relacionado à fibrose cística.

Em um estudo científico recente, 2015, os autores mostraram que o leite materno, mesmo complementado com fórmula infantil e alimentação adequada principalmente nos primeiros anos de vida está diretamente relacionado com a diversidade de bactérias saudáveis do intestino, sendo determinante na saúde e progressão da doença.

O grande desafio dos nutricionistas que trabalham com FC é atingir as recomendações calóricas, nutricionais e incentivar alimentação que combatem a infecção e inflamação para manter o estado nutricional adequado. Por isso, em vários momentos necessita-se do uso de suplementos mais calóricos com sabores variados para melhorar a aceitação. Mas além dessa estratégia, podemos caprichar no cardápio. Orientações: varie na cor das frutas e vegetais. Alguns exemplos do dia a dia são: consumir frutas (banana, maçã, abacate, goiaba, limão, laranja, entre outras) 3 vezes por dia; coloque no almoço e jantar pelo menos 5 cores no prato, incluindo 1 legume e 2 vegetais como cenoura, abóbora, couve, agrião, repolho, taioba, entre outros; acrescente nas frutas ou em receitas sementes ricas em gordura de boa qualidade como semente de abóbora, girassol e castanhas e use condimentos e temperos naturais nos alimentos como o alho, gengibre, açafrão, orégano, salsinha...

Deve-se considerar que os pacientes que se alimentam bem têm melhor estado nutricional, menos exacerbações pulmonares, menor número de internações hospitalares e, consequentemente, vão utilizar menos medicações e melhorar a qualidade de vida.

Marcelo Coelho Nogueira

Nutricionista Clínico do Hospital Infantil João Paulo II

Membro do Conselho Cientifico da AMAM

 

  • Dowsett J. An Overview of Nutritional Issues for the Adult With Cystic Fibrosis. Nutrition. Jul-Aug;16(7-8):566-70, 2000.
  • Trandafir LM, Moscalu M, Diaconu G, Cîrdeiu E, Tudose AA, Coman G, Paduraru DT. The impact of respiratory tract infections on the nutritional state of children with cystic fibrosis. Rev Med Chir Soc Med Nat Iasi. Oct-Dec;117(4):863-69, 2013.
  • Alfredo V, Clark TB, Sterling H, Valerie MH. Oral Reduced L-Glutathione Improves Growth in Pediatric Cystic Fibrosis Patients. J Pediatr Gastroenterol Nutr. Jun;60(6):802-10, 2015.
  • Anne GH, et al. Associations between Gut Microbial Colonization in Early Life andRespiratory Outcomes in Cystic Fibrosis. The Journal of Pediatrics. July; v.167, n.1, 2015

Contribua com a Amam

A AMAM é uma organização não governamental que tem ajudado a milhares de pessoas a terem uma melhor qualidade de vida. Precisamos de sua ajuda para continuar este trabalho! Faça sua contribuição

AMAM - Associação Mineira de Assistência a Mucoviscidose - Fibrose Cística

Rua dos Otoni, 705. Sala 604 - CEP: 30150-270
Belo Horizonte - MG
Via Net Soluções em internet